A SÃO PAULO DE HAROLDO DE CAMPOS

Brasil | 00:28:10 Diretor: Marcelo Gomes

Sinopse

As lembranças da infância do poeta paulistano Haroldo de Campos chamam atenção e agonizam pela efêmera mutação da maior metrópole brasileira. Bravo resistente aos apelos da voraz construção civil, ele se recusa a sair da casa onde morou a vida toda, agora rodeada por altíssimos arranha-céus. Do último andar do edifício Itália, passando pela Basílica de São Bento, Haroldo discorre sobre a “desmemória criativa” da cidade, que não preserva lugares ou edifícios históricos. As opiniões controversas dos paulistanos, o convívio harmônico de grupos etnicamente rivais e um gostoso bate papo com Arnaldo Antunes dão uma dimensão da dificuldade em se definir a cidade, algo só feito na canção “Sampa”, de Caetano Veloso.

Série: EXPRESSO BRASIL

veja mais >