Bolívia - Cecilia Lanza

Cecilia Lanza Lobo nasceu em Cochabamba, Bolívia, em 1968. No final dos anos 80, estudou e trabalhou com Publicidade. Formou-se em Comunicação Social pela Universidad Católica de La Paz e fez mestrado em Literatura e Estudos Culturais no Equador. É uma jornalista apaixonada pela profissão, e se orgulha em dizer que aos 13 anos de idade, foi “a pára-quedista mais jovem da América”. Com coragem e dedicação, Cecília produz, dirige e edita, desde junho de 2005, o programa de crônica televisiva Contramano. Foi professora universitária, colaboradora de vários jornais, colunista do La Prensa e autora de dois livros de crônicas, “Mayo y Después: los últimos días de la dictadura”, que relata a caída do ditador bolilviano Luis García Meza, e “Cuando cae la noche. Las voces de los otros”, que junto ao fotógrafo cubano Alejandro Azcuy, busca dar voz aos marginalizados. Também fez o ensaio “Crónicas de la identidad: Jaime Sáenz, Carlos Monsiváis y Pedro Lemebel”, e “Cabrónicas Certezas”, livro com fotografias de Patricio Crooker. Contramano recebeu menção honrosa em televisão da Asociación de Periodistas de La Paz no Prêmio Nacional de Jornalismo de 2006.

www.contramano.tv